EDIÇÃO

 

TÍTULO DE ARTIGO


 

AUTOR


ÍNDICE TEMÁTICO 
63
Fronteiras e travessias
ano XXXII - Dezembro 2019
201 páginas
capa: Liana Cardoso Soares
  



capa: Liana Cardoso Soares

voltar ao acervo








PERCURSO DIGITAL  


EDITORIAL  
TEXTOS  
Tradução - Martha Gambini e Renato Mezan
Este texto, originalmente publicado no International Journal of Psychanalysis (vol. 91, p. 821-837, 2010), é aqui reproduzido com permissão do autor. O artigo pode ser encontrado também em L’année psychanalytique internationale (vol. 2011, p. 177-193, 2011).

O autor examina a contribuição de Donald Winnicott para a análise do narcisismo e das formas do postulado de autoengendramento que ele engloba. Em “Luto e melancolia”, Sigmund Freud constrói o fundamento dessa análise, mas Winnicott torna-a clinicamente utilizável. A seguir, são examinadas diversas proposições de Winnicott que esclarecem essa análise: o objeto criado-encontrado, a função “espelho” da mãe e a experiência da troca na amamentação primeira, a questão da “utilização do objeto” e seu lugar no reconhecimento da alteridade do objeto.
ABSTRACT
The author discusses D. Winnicott’s contribution to the analysis of narcissism and of the different forms assumed by the postulate of self-creation that is its “trademark”. In “Mourning and Melancholy”, Freud establishes the basis for this analysis, but it is Winnicott who makes it clinically useful. Roussillon examines several propositions of Winnicott about these issues, among them the found/created object, the mirror function of the mother, the experience of exchange in the first breast-feeding, and the “use of an object” as a step towards the recognition of the otherness of objects in general.
 
Este trabajo, referido a familias con niños y adolescentes, plantea algunas conceptualizaciones acerca de la violencia intrafamiliar, a la cual pone en relación con distintas modalidades socioculturales. Analiza en especial la violencia de los discursos sacralizados y formas actuales ligadas a violencia y desamparo, incluyendo en ambos casos escenas clínicas. Propone una clínica de enfoques complejos, apta para develar las violencias invisibilizadas.
ABSTRACT
This work, referring to families with children and adolescents, raises some conceptualizations about intrafamily violence, which it relates to different sociocultural modalities. It analyzes in particular the violence of the sacred speeches and current forms linked to violence and helplessness, including in both cases clinical scenes. It proposes a clinic of complex approaches, that is apt to unveil the invisible violence.
 
Wilhelm Reich defendeu a psicanálise como instrumento de compreensão e transformação dos conflitos políticos, e isso teve consequências na história institucional do movimento psicanalítico. Partindo de sua expulsão, analisam-se os efeitos da institucionalização da psicanálise, em especial sobre a relação entre psicanálise e política. Sua obra Psicologia de massas do fascismo e a metapsicologia da cisão do eu, da recusa e do fetiche permitem refletir sobre o papel político das classes médias na ascensão do fascismo, tanto na Europa de 1933 como na conjuntura atual brasileira.
ABSTRACT
Wilhelm Reich defended psychoanalysis as an instrument to understand and to transform political conflicts, and this had consequences on the institutional history of the psychoanalytic movement. Beginning with Reich’s expulsion of the International Psychoanalytical Association, this text analyses the effect of institutionalization of psychoanalysis, bringing light specially to its relation with politics. Reich’s Psychology of the Masses of Fascism and the metapsychology of the splitting of the ego, disavowal and fetish allow the reader to think on the middle classes’ political role in the rise of fascism, both in Europe, in 1933, and in the current Brazilian conjuncture.
 
Determinadas características dos sonhos nas psicoterapias psicanalíticas de casal e família chamam especial atenção. Neste artigo, retomamos propostas centrais de René Kaës em Polifonia dos sonhos, procurando evidenciar as discussões desde Sigmund Freud acerca de espaço psíquico e sonhos. A obra teórico-clínica de diversos autores ao longo do século XX evidencia a necessidade de abertura desse espaço. Kaës propõe a concepção não mais de um, mas de três umbigos do sonho. Texto também clínico, compartilhamos aspectos do atendimento de casais e famílias que vêm ao encontro de tais discussões.
ABSTRACT
Certain characteristics of dreams in psychoanalytic psychotherapies of couples and families draw special attention. In this article, we resume some significant ideas proposed by René Kaës in Polyphony of the dreams, focusing the discussions regarding psychic space and dreams since Sigmund Freud. The clinical and theoretical work of several authors throughout the 20th century highlights the need to open this space. Kaës proposes the conception of no more one, but three navels of the dream. Also a clinical text, we share some aspects of psychotherapy sessions with couples and families that meet such discussions.
 
No presente texto propõe-se uma reavaliação da problemática da sexualidade e da sedução na situação analisante. Considera-se que em todos os campos das relações constitutivas e reparadoras (terapêuticas) do psiquismo é indispensável considerar a sexualidade e a sedução sexual em suas diferentes e contraditórias facetas: excitação e ligação, vitalização e risco de destruição. Essa problemática se mostra particularmente importante no atendimento a pacientes traumatizados e apassivados como vistos a partir da matriz ferencziana que inclui, além de Sándor Ferenczi, Michael Balint e Donald Winnicott. Alguns autores contemporâneos como Anne Alvarez, Dianne Elise e Thomas Ogden nos ajudam nesta elaboração.
ABSTRACT
In this text, a reassessment of the problem of sexuality and seduction in the analyzing situation is proposed. It is considered that throughout the fields of constitutive and reparative (therapeutic) relationships of the psyche it is essential to consider sexuality and sexual seduction in its different and contradictory facets: arousal and connection, vitalization and risk of destruction. This problem is particularly important in the care of traumatized and ‘passivized’ patients as seen from the ferenczian matrix point of view, that includes, in addition to Sándor Ferenczi, Michael Balint and Donald Winnicott. Some contemporary authors such as Anne Alvarez, Dianne Elise and Thomas Ogden help us in this elaboration.
 
Ao retraçar a gênese e a evolução do modelo tradutivo do recalcamento em Jean Laplanche, busca-se, primeiramente, evidenciar suas fontes de inspiração em Sigmund Freud e Jacques Lacan e a formulação original que adveio da interpretação dessas fontes. Em seguida, busca-se identificar os principais impasses desse modelo e as vias abertas pelo próprio autor, bem como por alguns estudiosos de seu pensamento, para a superação de tais impasses.
ABSTRACT
In retracing the genesis and evolution of Jean Laplanche’s translational repression model, an effort is made to highlight his sources of inspiration in Sigmund Freud and Jacques Lacan and the original formulation resulting from the interpretation of these author’s ideas. Then, the main impasses of this translational model are pointed out as well as the paths opened by Laplanche himself and some of his followers to improve it are commented.
 
Com base em questões sobre os conceitos de perversão e transgressão, este artigo interroga as operações estruturantes do sujeito e a incidência das mudanças na cultura em sua constituição e na produção da subjetividade. Nesse percurso, aspectos concernentes à formação do eu na relação inicial com o outro ganham destaque, possibilitando pensar a origem do sujeito ético. Ao mesmo tempo, busca-se afirmar a importância da história vivida e da cultura de pertinência de cada um no que concerne a abrangência do reconhecimento do outro como semelhante humano. O trajeto percorrido convida a relançar a pergunta sobre quais são as características da atualidade e seus efeitos na relação do sujeito com a alteridade.
ABSTRACT
Based on some issues regarding the concepts of perversion and transgression, this article questions the structuring operations of the subject and the incidence of changes in culture both in its constitution and in the production of subjectivity. In this path, aspects concerning the formation of the self in the initial relationship with the other are highlighted, allowing us to think deeper about the origin of the Ethical Subject. At the same time, it intends to affirm the importance of the lived history and the culture of belonging of each person in what concerns the scope of recognizing the other as a human being. The route taken invites us to relaunch the question regarding the characteristics of our current days and their effects on the subject’s relationship with alterity.
 
Este texto pretende refletir sobre a relação entre psicanálise e política no atendimento a migrantes com base na experiência do Projeto Ponte. A clínica com migrantes contorna uma particularidade na escuta dos efeitos do deslocamento de um sujeito “entre culturas”, desafiando-nos a pensar naquilo que se repete na história, sendo, portanto, da ordem do sintoma, mas que se atualiza frente aos conflitos contemporâneos com as ferramentas que a cultura oferece no tempo presente.
ABSTRACT
This text intends to reflect on the relation between psychoanalysis and politics in the migrants’ clinic, based on the experience of the Projeto Ponte. The clinic with migrants circumscribes a particularity in listening the effects of the displacement of a person “between cultures”, challenging us to think about what is repeated in history, being, therefore, of the order of the symptom, but which is updated in the face of contemporary conflicts with the tools that culture offers in the present time.
 
O ensaio visa expor de forma breve os deslocamentos nosográficos das figuras clínicas do melancólico e do depressivo na emergência dos estudos de Sigmund Freud, bem como destacar aspectos distintivos da leitura de três autores contemporâneos sobre o tema: Maria Rita Kehl, Marie-Claude Lambotte e Pierre Fédida.
ABSTRACT
This essay intends to briefly expose the nosographic displacements of the melancholic and depressive clinical figures within Sigmund Freud’s investigations, as well as three contemporary authors’ contributions on the same subject, namely: Maria Rita Kehl, Marie-Claude Lambotte and Pierre Fédida.
 
A autora escreve uma carta a Freud, comentando sobre a situação atual da Psicanálise no Brasil, especialmente na universidade.

ABSTRACT
The author writes a letter to Freud, elaborating upon the state of Psychoanalysis in Brazil with emphasis on its insertion in undergraduate and graduate studies
 
 


ENTREVISTA  
Instituto AMMA Psique e Negritude
Maria Lúcia da Silva?•?Marilza de Souza Martins?•?Deivison Mendes Faustino

Realização - Ana Claudia Patitucci, Bela M. Sister, Cristina Parada Franch, Danielle Melanie Breyton, Deborah Joan Cardoso e Silvio Hotimsky
Colaboração - Noemi Moritz Kon
Participação especial - Kairú NKosi
 
DEBATE  
DEBATE CLÍNICO  
LEITURAS  
Resenha de Elizabeth Ann Danto, As clínicas públicas de Freud: psicanálise e justiça social, São Paulo, Perspectiva, 2019, 421 p.
 
Resenha de Cassandra Pereira França e Ana Cecilia Carvalho (orgs.), Universidade e psicanálise: um espaço de interlocução, São Paulo, Zagodoni Editora, 166 p.
 
Resenha de Melanie Klein, Melanie Klein: autobiografia comentada, Org. Alexandre Socha, São Paulo, Editora Blucher, 2019, 220 p.
 
Resenha de Daniel Kupermann, Por que Ferenczi?, São Paulo, Zagodoni, 2019, 175 p.
 
Resenha de Daniel Kupermann, Por que Ferenczi?, São Paulo, Zagodoni, 2019, 175 p.
 
Resenha de Márcio de Freitas Giovannetti. Clínica psicanalítica: testemunha e hospitalidade, São Paulo, Blucher, 2019, 175 p.
 
Resenha de Rodrigo Lage Leite, O búfalo no laranjal, São Paulo, Ed. Patuá, 2018, 99 p.
 
 
 

     
Percurso é uma revista semestral de psicanálise, editada em São Paulo pelo Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae desde 1988.
 
Sociedade Civil Percurso
Tel: (11) 3081-4851
assinepercurso@uol.com.br
© Copyright 2011
Todos os direitos reservados