EDIÇÃO

 

TÍTULO DE ARTIGO


 

AUTOR


ÍNDICE TEMÁTICO 
  
 

voltar
voltar à lista de autores

Resumo
O desejo puro pode terminar no sacrifício e no assassinato, especialmente se, agindo burocraticamente, o sujeito acreditar que o seu grande Outro aprovará seus atos de "purificação". Este foi o caso de Adolf Eichmann.


Autor(es)
Aloysio Quintão Bello de Oliveira
é psicanalista, membro do Seminário da Prática Psicanalítica de Belo Horizonte.

voltar à lista de autores
 TEXTO

Sobre e sob o encantamento do totalitarismo:

Eichmann, o exterminador, com Kant, Sade e o Outro


Aloysio Quintão Bello de Oliveira


topovoltar ao topovoltar à lista de autorestopo
 
 

     
Percurso é uma revista semestral de psicanálise, editada em São Paulo pelo Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae desde 1988.
 
Sociedade Civil Percurso
Tel: (11) 3081-4851
assinepercurso@uol.com.br
© Copyright 2011
Todos os direitos reservados