EDIÇÃO

 

TÍTULO DE ARTIGO


 

AUTOR


ÍNDICE TEMÁTICO 
  
 

voltar
voltar à lista de autores

Resumo
Depois de Freud, o movimento psicanalítico especializou-se na clínica. Sua crise guarda certa analogia com a crise do verso clássico, que deu azo ao poema Mallarmé "Un coup de dés.."


Autor(es)
Fabio Herrmann
(1944-2006) foi psicanalista, criador da Teoria dos Campos, presidente da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (1985-1986) e da FEPAL (1986-1988), fundador do Centro de Estudos da Teoria dos Campos (CETEC) do Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Clínica da PUC/SP, no qual lecionou de 1984 até seu falecimento. Publicou 105 artigos científicos e 30 capítulos de livros, além de vários livros, entre os quais os três volumes de "Andaimes do real", "Clínica psicanalítica: A arte da interpretação" (traduzido na Argentina), "O que é Psicanálise – para iniciantes ou não...", "A psique e o eu", "Introdução à Teoria dos Campos", "O divã a passeio: À procura da psicanálise onde não parece estar", "A infância de Adão" e outras ficções psicanalíticas.

voltar à lista de autores
 TEXTO

Da clínica extensa à alta teoria:

a história da psicanálise como resistência à psicanálise


Fabio Herrmann


topovoltar ao topovoltar à lista de autorestopo
 
 

     
Percurso é uma revista semestral de psicanálise, editada em São Paulo pelo Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae desde 1988.
 
Sociedade Civil Percurso
Tel: (11) 3081-4851
assinepercurso@uol.com.br
© Copyright 2011
Todos os direitos reservados